Ômega-3: O que é? Benefícios e onde encontrar?

O assunto de hoje está muito bacana.

Por que falarei sobre o ômega-3 que é gordura poli-insaturada, muito benéfica ao organismo. E por não ser produzida de forma natural pelo corpo, ela deve ser ingerida através da alimentação.

Só para ter uma ideia da sua importância, o ômega-3 é um aliado durante a gestação, ajuda a prevenir doenças cardiovasculares e tratar os sintomas da artrite reumatoide.

Existem 3 tipos de ômega-3, o ALA, EPA e DHA. Veja suas diferenças:

  • ALA: de origem vegetal, o ALA pode ser convertido em DHA ou EPA depois de ingerido. Porem, a conversão fica menor por fatores como tabagismo, consumo de álcool, diabetes, estresse e ingestão elevada de gorduras trans.

  • EPA: tem ação anti-inflamatória, auxilia na saúde do coração e evita a formação de coágulos no sangue, diminuindo, assim, o risco de trombose e acidente vascular cerebral (AVC).

  • DHA: tem ação antioxidante e auxilia na formação da retina que é a parte dos olhos responsável por transformar o estímulo luminoso em estímulo nervoso.

Além do ômega-3 existe também o ômega-6 que deve ser consumido de forma moderada, por agir no lado oposto do ômega-3.

Mas o consumo de ômega-6 é necessário por ele ajudar na manutenção da saúde. Mais em excesso, pode exercer ação inflamatória. Por isso, é importante manter um equilíbrio entre a ingestão de ômega 3 e 6.

Onde encontrá-lo?

Fontes de ômega-3

O ômega-3 é encontrado principalmente em peixes de águas frias e profundas que se alimentam de animais marinhos.

Por isso, peixes como sardinha, salmão, arenque, cavala, atum e tuna são ótimas fontes de ômega-3.

Óleo de bacalhau, óleo de algas, linhaça, nozes, ervilha, cereais, semente de chia e de cânhamo também são ricos em ômega-3.

Seus benefícios

Consumir ômega-3 traz muitos benefícios para a mente, sendo uma alternativa natural e segura de remédio para memória. Isso é pelo fato do ômega-3 favorecer a cognição e as conexões entre os neurônios, beneficiando a memória, a atenção, o raciocínio, a imaginação, o juízo e diversos outros aspectos relacionados à mente humana.

Para quem treina e faz alguma atividade física, o consumo de ômega-3 é fundamental por que ele influencia diretamente o bem-estar e o desempenho na atividade. Ele combate o desgaste muscular, que garante que você consiga treinar mais e expandir seus resultados.

O ômega-3 também ajuda liberar a insulina, importante para quem busca a hipertrofia (aumento dos músculos). Além disso, ele evita a inflamação do músculo e melhora a recuperação.

ômega-3 melhora a saúde cardiovascularO consumo de ômega-3 também é muito benéfico para o coração. Isso acontece devido ele regular a atividade das plaquetas sanguíneas, evitando coágulos de sangue, que podem levar a um AVC ou infarto.

O EPA do ômega-3 também reduz os níveis de triglicérides, um tipo de gordura que é ruim para o organismo quando está elevada. Já o DHA do ômega-3 ajuda a evitar arritmias cardíacas, estabilizando a atividade elétrica no coração.

Por proteger o coração, o ômega-3 também ajuda reduzir o colesterol ruim (LDL) que pode provocar doenças cardiovasculares, como hipertensão, aterosclerose, infarto e derrame cerebral. Além disso o ômega-3 eleva o colesterol bom (HDL) que é muito importante para a manutenção da saúde.

Você quer emagrecer com saúde e com mais facilidade? Então você precisa consumir ômega-3, por que ele melhora a ação da insulina, com isso você fica mais saciado e você tem o controle melhor do seu apetite. E por ter ação anti-inflamatória faz com que o ômega-3 seja ótimo para o organismo, fazendo o mesmo trabalhar melhor, dificultando a absorção de gordura.

Não podemos esquecer também que o ômega-3 é ótimo para a visão, por que ele participa do recobrimento da retina. Assim, o seu consumo ajuda manter a visão apurada e evitar a degeneração macular que é uma doença que provoca a perda da visão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *